6 motivos para não deixar sua casa vazia

A troca de casa nas férias é uma ótima ideia para manter seu imóvel em boas mãos e com segurança durante sua viagem

Tem gente que é bem apegada à sua casa e deve sentir um certo medinho na hora de pensar em trocar de casa com outra pessoa. Afinal, nos Estados Unidos e Europa a troca de casa nas férias é feita faz um tempão – aqui no Brasil é que é um novo modo de viajar. E, mais que um simples teto, a nossa casa é como aquele filho que a gente cuida no dia a dia. E que pai ou mãe viaja e larga sua cria sem cuidado? Nenhum! Então, nada de deixar seu lar vazio durante suas férias. 

Até nisso a BeLocal facilita a sua vida. Em nossa plataforma, você pode encontrar alguém para “cuidar” da sua casa e por tabela uma outra casa para chamar de sua durante as suas férias. Ainda não se convenceu? Então damos 6 motivos para que você deixe sua casa ocupada enquanto viaja.

6 razões para deixar a casa ocupada nas férias

Dica 1 – Segurança: Pode ser um eletrodoméstico que você deixou ligado na tomada, e esqueceu, ou alguém que pretenda invadir o seu território. Uma casa vazia é um cenário perfeito para uma série de imprevistos e surpresas desagradáveis que podem atrapalhar as suas férias. Sem aquele parente ou amigo para dar uma olhadinha na sua casa ou apê,  é dar chance ao acaso. Chega de pensar se trancou a porta bem ou deixou a janela aberta durante a viagem. Na troca de casa, o outro associado vai resguardar o seu lar enquanto você estiver fora curtindo a vida.

Dica 2 – Ajuda com pets e plantas: Na hora de fazer sua troca, você pode combinar com o outro associado para cuidar de suas plantas ,ou então, dar comida e água para os bichos de estimação que vão ficar na casa. Gatos, peixes e pássaros são exemplos de animais que não curtem muito viajar ou sair de casa (imagina o trabalho que é voar com um aquário?!). É por isso que há uma opção no seu perfil para assinalar ou não a existência de pequenos moradores no seu lar. 

Dica 3 – Arejar a casa: Quer sensação pior do que voltar para casa e sentir aquele cheiro de mofo? Acontece quando a casa fica muito tempo fechada e sem receber sol. Para os alérgicos, além do mofo, ainda tem o acúmulo de poeira para atazanar o nariz e a vida. Agora, se a sua casa está ocupada, a chance de isso acontecer diminui bastante, já que haverá circulação de pessoas e, principalmente, de ar e luz.    

Dica 4 – Receber encomendas: Sabe aquele compra que você fez na internet e atrasou? Todo mundo já passou por isso. E quando a encomenda atrasou e está prevista para chegar exatamente no período em que você estiver fora? Com outras pessoas em casa, as chances do seu pedido retornar para o Correio fica bem reduzida e você ainda volta de viagem com mais uma boa surpresa.

Dica 5 – Viagem mais sustentável: O turismo é uma fonte de renda e uma maneira de ampliar os horizontes já que você conhece novas culturas. Mas, pensando em um mundo mais sustentável, também pode ser um problema. Em grandes cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Lisboa, Berlim, Nova Iorque e São Francisco, os aluguéis subiram assustadoramente já que os proprietários começaram a destinar apartamentos inteiros para temporada. A especulação imobiliária vem expulsando moradores de bairros tradicionais para dar lugar a turistas preocupados apenas em garantir fotos para as redes sociais sem se importar em explorar a cidade como um nativo. A BeLocal vai de encontro a essa tendência de turismo de massa e incentiva o contrário: que você troque de casa e viva o lugar como um local.

Dica 6 – Segunda casa: A casa de praia ou de campo está lá e nem sempre você tem vontade de pegar a estrada. E assim o tempo vao passando. É normal que, depois de um tempo, você queira conhecer outros destinos. Por isso, nada melhor do que ter sua casa ocupada em vários momentos do ano, especialmente se ela estiver localizada fora de um condomínio. Lembre: a sua segunda casa também pode ser a porta para que você desbrave o Brasil e o mundo.

Saiba Mais:

Entenda como funciona a troca de casa e embarque nessa viagem!

Viaje como um local e economize até 50% na hora de viajar 

Deixe um comentário