Saiba como viajar sem pagar hospedagem

Conheça o primeiro site latino-americano de troca de casa nas férias e viaje mais sem pagar pela hospedagem

Esses dias eu estava trocando os canais da TV sem a menor pretensão de assistir alguma coisa. Cansei de procurar e deixei em um desses romances clichês da Sessão da Tarde. Ele contava a história de duas mulheres insatisfeitas com a vida e que decidem trocar de casa no feriado de Natal. Um paradoxo entre uma jornalista simplória que morava na Inglaterra e uma rica e importante empresária americana. Elas fizeram todo o esquema para trocar de casa por meio de um site especializado no assunto. Foi então que o filme começou a prender minha atenção e eu só conseguia pensar no quanto essa ideia de negócio é genial e em como seria incrível se existisse no Brasil. Aí eu descobri que existe esse modelo de viajar sem pagar por hospedagem.

Quando tudo começou

A empresa BeLocal Exchange é a primeira plataforma online de troca de casas em português e foi criada em 2016 pela Andrea Aguiar.

Antes de dar início a este empreendimento, Andrea já realizou 15 trocas com moradores de outros países. Ela conta que “precisava de um modelo de viagem que fosse econômico, confortável e seguro: a troca de casa foi a solução ideal para minha família”. A BeLocal ganhou reconhecimento em programas como Mais Você e Globo News, além de portais de notícias como Uol e Veja. A empresa preza pela economia colaborativa, autenticidade, turismo sustentável e pela gentileza que gera gentileza, afinal, minha casa, sua casa.

Casa de um dos associados em Avignon, na região da Provence, França

O conforto e a experiência única também são fatores indispensáveis. Você aprende a conviver com pessoas e costumes extremamente diferentes aos seus, já que vai ficar em um lugar residencial, com vizinhos que possuem sua própria rotina e sua própria maneira de enxergar o mundo.

Além do mais, você confia sua casa, um bem que muitas vezes está ocioso e que pode transformar a vida de alguém. Como se tudo isso já não fosse suficiente, você ainda economiza cerca de 50% em sua viagem, considerando que não vai gastar nada com hospedagem. Esta é uma oportunidade imperdível para quem está tentando organizar a viagem dos sonhos há tanto tempo, mas nunca sobra dinheiro.

Experiência com a troca de casas

A Juliana, uma das associadas, mora em Nova York e relata que está maravilhada com sua passagem pelo Brasil: “Estou realizando um sonho ao viver tudo isso. Eu só consegui essa viagem porque troquei de casa”.

Juliana trocou de casa e nas férias aproveitou o carnaval carioca.

Já a Jane e o Luciano saíram de Alagoas e fizeram algumas trocas até o Rio Grande do Sul. Em Canela, foram recebidos por Carlos, associado da BeLocal, com um churrasco. Carlos já foi para o Nordeste também. “Olha que surgiu uma amizade e tanto entre esse gaúcho e um nordestino”, celebra Carlos.

Segurança e praticidade

Além de econômica, a BeLocal atua de forma completamente segura. Eles oferecem verificação de identidade digital, sistema seguro de mensagens com proteção de dados e uma equipe dedicada a te ajudar. Você também pode trocar mensagens e ligações com o seu possível hóspede/anfitrião e acertar todos os detalhes. O que também é legal é a opção de troca simultânea ou não, ou seja, você pode oferecer a sua casa e ganhar “créditos” para ir visitar a casa de seu anfitrião em outra ocasião, assim, dá para conciliar com suas férias ou algum feriado, por exemplo.

“Fiquei curioso. Preciso pagar para fazer um teste?” Não! Só após fechar a primeira troca você paga anuidade. Mas fique tranquilo: depois disso, você pode fazer trocas ilimitadas pelo período de um ano, não é incrível?

Mais de mil pessoas já vivem essa extraordinária experiência. Visite o site da empresa e confira destinos nacionais como Rio de Janeiro e Santa Catarina. Quer se aventurar no exterior? Que tal realizar a troca de casas e desbravar a França e Santiago do Chile?

Cadastre-se agora mesmo e pare de adiar os seus sonhos!

Siga as novidades da BeLocal no Instagram e no Facebook!